Sem Segurança agentes de trânsito de Caetité não trabalham enquanto greve da PM durar

Devido à insegurança, falta de apoio da PM por causa da greve, e depois de uma agressão verbal e ameaça por parte de um condutor a um agente de trânsito no dia 06 de fevereiro.  O diretor de Trânsito do município de Caetité Região sudoeste da Bahia. Optou por liberar todos os agentes de trânsito de trabalharem durante os dias da greve

A insegurança generalizada tomou conta dos comerciantes e moradores de Caetité.

As lojas e comércios fecham mais cedo e o principal banco do município não está prestando serviço à população, causando um transtorno enorme para todos.

Esperamos que essa situação possa ser resolvida o mais breve possível para que os agentes de trânsito e todos os trabalhadores de Caetité e região possa assim trabalhar com tranquilidade e segurança

1 comentários:

tela disse...

Vagnelson meu amigo a situação dos agentes em Vitória da Conquista é mesma um abraço do colega e amigo Iran Profeta.

Postar um comentário