Atitude de um agente de trânsito revolta população e promove anarquia na cidade

Os moradores de Oriximiná, no oeste do Pará, continuam os protestos contra os agentes de trânsito da Coordenadoria Municipal de Trânsito (Comtran), nesta quarta-feira (6). Os protestos iniciaram na noite de terça-feira (5), após uma abordagem de agentes contra o motociclista Carlos Diogo Tavares, de 18 anos.

Segundo informações de testemunhas que estavam no local, o jovem não parou na barreira do Comtran e, por isso, um dos agentes teria chutado a motocicleta. Na ocasião, Tavares, que estava sem capacete, caiu no chão, bateu a cabeça e foi levado para o hospital municipal de Oriximiná.
Após o acidente, a população tentou agredir os agentes, mas eles conseguiram fugir do local. A sede e as viaturas do Comtran foram incendiadas. "O povo estava muito exaltado. A polícia tentou evitar com spray de pimenta e tiros, mas não conseguiu conter. Tinha muita gente e as pedras começaram a atingir os policiais e as viaturas da PM. A polícia deu retirada e eles invadiram, tocando fogo em tudo", destaca o músico Inácio Sérgio Gonzaga. Ainda segundo Gonzaga, além de terem ateado fogo e depredado o órgão, algumas pessoas roubaram as motos que estavam apreendidas na sede.
 O protesto continuou durante a madrugada e chegou até a casa dos agentes que realizavam a operação. "A sede foi alvo principal, mas eles seguiram para a casa dos agentes e tocaram fogo em uma delas. Agora , já pela tarde, eles estão na frente da casa do agente que chutou a moto do rapaz que foi para o hospital", explica Gonzaga. Segundo o músico, as reclamações contra os agentes são frequentes. "Muita gente reclamava desses agentes, das atitudes deles. O que derrubou a moto com um chute já usou até arma de choque durante as operações, então o povo se revoltou", conta.
Conforme o diretor do Hospital Municipal de Oriximiná, enfermeiro Antônio Monteiro, a vítima sofreu várias escoriações e um corte na região posterior da cabeça, mas mantém um quadro estável. O paciente deve ser transferido para Santarem para avaliação com neurologista. Fonte: G1.com/Pará 06/11

2 comentários:

Anônimo disse...

Povo mal educado, da nisso

Enos Dias disse...

Fico indignado com isso. O errado querendo estar certo. Se tivesse parado ou pelo menos de capacete. ..quem anda errado ta querendo o quê?
Tomara que esse suicida se recupere e agradeça ao agente. ..pq se com um xute ele caiu...imagine se estivesse correndo estaria morto. ...so um povo ignorante fica contra quem está fazendo seu trabalho. ...

Postar um comentário