Brasília: Agentes de Trânsito cobram andamento de projetos da categoria

Representantes da categoria de diversos Estados e Municípios do país, estiveram nesta terça (10), na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, em Brasília, com o objetivo de solicitar de deputados e senadores a inclusão de projetos de interesse dos agentes de trânsito, na ordem do dia das votações nas comissões dais quais fazem parte.

Alguns dos projetos tramitaram na legislatura anterior e por não terem sido concluídos naquele período, foram arquivados conforme o regimento interno das duas casas. Outros são novos e serão apresentados pelos parlamentares.

Um dos projetos é o que trata da autorização para que os agentes de trânsito, sejam dos estados ou municípios, possam portar arma em serviço. O PL 3624/2008 é de autoria do deputado Tadeu Filipelli, que teve relatório contrário na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, voltou a tramitar nesta legislatura.

Em visita ao deputado Efraim Filho, a comissão solicitou que ele avocasse a relatoria do projeto para si, além de agradecê lo pela sua excelente atuação em defesa da categoria e deste projeto. “Com o apoio do deputado Efrain Filho, que sempre esteve ao lado e na defesa dos agentes de trânsito, este projeto foi aprovado na CSPCCO, na legislatura passada e volta a tramitar agora.”

Segundo as representações dos agentes de trânsito esta semana é decisiva para os seus projetos, pois conforme o funcionamento das duas casas legislativas, é neste período que se negocia e indica os relatores de cada projeto. A partir da próxima semana, as relatorias não preenchidas serão sorteadas. “Somente agora podemos influenciar e ter relatores comprometidos com os nossos projetos e a nossa categoria”, pontua Silva Pedro, presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito do Estado de Santa Catarina- SINDATRAN- SC.

8 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns Deputado Efrain.

sonia isaias disse...

A categoria de agente de trânsito já deveriam estar armados.

sonia isaias disse...

A categoria de agente de trânsito já deveriam estar armados.

coni disse...

A SOCIEDADE ESTA DEMORANDO PRA ENTENDER QUE O AGENTE DE TRANSITO NECESSITA PORTAR ARMA DE FOGO, PARA GARANTIR A SEGURANÇA DAS VIAS E DAS PESSOAS QUE A UILIZAM ALEM CLARO, DA SUA PROPRIA. TODOS TEM A CAPACIDADE DE SEREM DEVIDAMENTE TREINADOS E CAPACITADOS PARA PORTAREM ARMAS.

Anônimo disse...

Parabéns companheiros (as) o Brasil precisa urgentemente dessa regularização, nos que estamos nas ruas sabemos o quanto é importante a presença dos Agentes. Portanto temos que ter condições de trabalho. samos vitima da violência comum do Transito e sofremos amassa de morte todos os dias,
Um forte abraços.
O tempo não da tempo ao tempo.

Anônimo disse...

Parabéns companheiros (as) o Brasil precisa urgentemente dessa regularização, nos que estamos nas ruas sabemos o quanto é importante a presença dos Agentes. Portanto temos que ter condições de trabalho. samos vitima da violência comum do Transito e sofremos amassa de morte todos os dias,
Um forte abraços.
O tempo não da tempo ao tempo.

Anônimo disse...

Concordo com vcs amigos. O porte de arma pelos tinha q está aprovado.

Anônimo disse...

Pernambuco o governo extinguiu o cargo de Agente de Transito, pra assim não se preocupar com qualquer mudança que houver.

Postar um comentário